Património

 

Ermida de São João Batista – Lugar da Pombeira

 

 

 

Ermida de Santo António - Lugar da Pombeira


No lugar da Pombeira(propriedade de Maria da Conceição Farinha). É uma capela de reduzidas dimensões. O seu interesse reside sobretudo no seu interior onde se podem admirar dois quadros sobre tábua, do séc. XVII. Possivelmente estas tábuas serão aproveitamento de uma tábua de maiores dimensões, já que observando a composição pode constatar-se a descontinuidade da mesma.

 

 

Ermida de Nossa Senhora da Conceição – Lugar de Carvalhais

 


Pode visitar-se este templo no lugar de Carvalhais. Este é um templo nitidamente aldeão com um alpendre à frente. O que o torna particular é que a imagem que se encontra no lugar do orago é uma escultura quinhentista, representando a Virgem mas que não tem a figuração iconografia de Nossa Senhora da Conceição.

Esta imagem representa a Virgem com o Menino ao colo com um livro na mão e na mão direita um fruto.

Podemos ainda apreciar uma imagem de S. Sebastião em madeira do séc. XVII.

 

Ermida de Nossa Senhora da Purificação – Lugar do Cardal

 


Esta capela, no lugar de Cardal, oferece ao visitante uma imagem da Virgem, em madeira do séc. XVIII.

 

 

Ermida de S. Pedro do Castro – Lugar da Pombeira


Esta ermida classificada como imóvel de interesse público está situada numa elevação onde terá existido um Castro e que foi sucessivamente ocupado pelos romanos e pelos godos. De referenciar as inscrições existentes e o facto de este pequeno templo ser construído em pedra calcária que não existe no local nem tão pouco na região.

A frontaria da ermida é em bico e nela se abre um portal gótico, simples.

A abertura da estreita capela-mor é de verga direita, descaída em curva sobre as ombreiras e o tecto é de madeira, de três planos. A imagem existente no altar-mor é uma escultura quinhentista de S. Pedro feita de pedra e pintada posteriormente.

 

Igreja Paroquial de S. Miguel – Ferreira do Zêzere


Templo de uma nave, coro sobre colunas acrescentado com dois corpos extremos, capela-mor, dois altares colaterais, dois laterais, e ainda duas capelas grandes na nave. O extra-dorso do arco-mestre é pintado a fresco com a representação dos evangelistas. A capela-mor é coberta de um tecto de madeira, em jeito de abóbada, com pinturas. O retábulo do altar-mor é de talha setecentista e encaixilha um painel, pintado sobre tela, figurando a Ceia.

Neste templo encontram-se várias imagens de madeira (S. Miguel, S. Francisco Xavier, S. Sebastião, Senhor dos Passos, etc.) e ainda em pedra as esculturas de Santo Antão, Santíssima Trindade e S. Brás.

Data de Fundação: Século XVIII

Santo Padroeiro: Santo António

Festividades Religiosas: 13 de Junho

 

 

Casa do Adro – Ferreira do Zêzere

 

 

Residência particular junto ao adro da igreja paroquial de Ferreira do Zêzere. É uma edificação do séc. XVIII, dentro de um recinto ajardinado, com um alpendre de colunas sobre uma estrada velha. Tem uma capela interior com um retábulo do séc. XVIII de caixilharia doirada e espelho ladeando o trono. È dedicada a Nossa Senhora da Conceição. As imagens deste altar é em marfim, ao todo catorze, do séc. XVIII e merecem destaque uma Santa Teresa e um S. Francisco de marfim e ébano. Existe também um Cristo em marfim.

 

Fundação Maria Dias Ferreira

 

Por iniciativa de familiares de D.ª Maria Dias Ferreira, foi instituída em Outubro de 2008, por escritura pública, a FUNDAÇÃO MARIA DIAS FERREIRA, com sede na Quinta de São José no concelho de Ferreira do Zêzere.

A Fundaçãotem assim como fins:

a)Promover actividades nos domínios cultural e social que possam contribuir para o bem-estar e o desenvolvimento das populações.

b)Patrocinar iniciativas destinadas à educação e à formação cívica, cultural e humana das pessoas em geral e dos jovens em particular.

c)Promover eventos destinados ao intercâmbio de experiências, costumes e culturas que possam contribuir para a sã convivência e ocupação de tempos livres das pessoas.

d) Desenvolver programas com vista ao estudo, à preservação e à divulgação do património. As actividades da FUNDAÇÃO terão como principal área de incidência o concelho de Ferreira do Zêzere e como alvo prioritário os jovens deste mesmo concelho, podendo ser desenvolvidas directamente junto das populações ou traduzir-se em apoios a outras instituições e/ou entidades públicas ou privadas com iniciativas de carácter semelhante.

No âmbito das actividades da Fundação será privilegiada a organização, promoção ou patrocínio de estudos, projectos de investigação, acções culturais e de formação, conferências, seminários, colóquios, exposições ou outros eventos e iniciativas cujo âmbito se enquadre na realização dos seus fins, podendo incluir apoios financeiros directos ou indirectos a instituições ou pessoas em situações de especial carência ou dificuldades.

A Fundação dispõe de instalações adequadas a estas actividades, incluindo um salão para conferência e exposições, salas de reuniões, salas de formação e de convívio, bem como aposentos com vista à recepção de diversos grupos. A ideia que motivou esta iniciativa é a de continuar a obra da Dª Maria Dias Ferreira, dotando o concelho de Ferreira do Zêzere de uma instituição com capacidade de intervenção nas áreas cultural e social.

 

Informação mais detalhada sobre patrimonio da Freguesia no site oficial da Fundação Maria Dias Ferreira, FERREIRA DIGITAL em http://www.ferreiradigital.com/default.asp?s=153&tipo=2&concelho=1&template=10&lang=1

 

 

W3C